23 agosto 2016

BODY - COMO USAR?



Oii amores, tudo bem?
Por muito tempo o Body foi uma peça exclusiva do mundo fitness e praiano (maiô) , passando bem longe das roupas do dia a dia. No entanto, nos últimos anos, essa peça foi parar nas ruas, virou febre e conquistou mulheres de diferentes estilos.
Onde eu moro estou vendo muitos deles, mas ainda surge uma dúvida: como eu devo usar? E foi pensando justamente nisso que resolvi fazer um post falando um pouco sobre e até separei alguns looks inspiradores.
Primeira coisa que vocês devem saber é que sim, o body pode ser uma peça "sexy" por chamar a atenção para o corpo e curvas, o que é legal, mas exige alguns cuidados para não exagerar. Ele pode ser descolado, feminino e até muito elegante, basta saber como combinar!


  • Com short jeans ou de qualquer material ele é muito bem vindo. Lembrando sempre de manter o equilíbrio para fugir de qualquer exagero.
  • A nossa queridinha calça jeans também cai muito bem, como ela também contorna o corpo se preferir pode optar pela calça flare que já é mais larguinha e equilibra o look. Também tem as calças Pantalonas ou Pantacourt que também continuam super em alta.
  • Quanto as saias, ele cai bem com todos os tipos, para quem tem o quadril mais largo quando mais solta a parte de baixo, mais confortável fica já não vai marcar tanto o corpo

 Ahh, uma das maiores dúvidas também é sobre qual o melhor sutiã para usar com a peça. Tem modelos que já vem com bojo, outros que pode usar tranquilamente o sutiã, já para os frente única uma boa opção são os modelos de auto-adesivo ou com multi-alças.








Espero que tenham gostado, me contem nos cometários o que vocês acham dessa peça se já usam ou usariam.
Beijos e até o próximo post!


19 agosto 2016

Toalha Demaquilante


Oi amores, tudo bem?

Já tinha um tempinho que eu estava querendo testar a Toalha Demaquilante da coleção da Niina Secrets para a Jequiti. Ela tira toda a maquiagem com água (inclusive rímel à prova d'água), sem precisar de nenhum outro produto! Eu sempre usei lencinhos demaquilantes e depois de testar essa beleza só quero saber dela!
O melhor é que o Kit vem com 3 toalhas, ou seja, dá pra usar muitoo e depois é só lavar que tá novinha.
Eu morria de preguiça de lavar o rosto de noite para tirar a make e essa toalhinha tá sendo minha melhor amiga <3

Gravei um vídeo bem legal testando com vocês e mostrando que ela realmente tira tudo. Vamos conferir?




Não esquece de clicar em gostei e se inscrever no canal para ficar por dentro das novidades!


12 agosto 2016

Cronograma capilar - O que é?



Oi amores!

Hoje vamos falar sobre Cronograma Capilar, o que é e como funciona.

Fios saudáveis e bonitos são o maior sonho de todas as mulheres, mas nem sempre é uma tarefa fácil. Com tantas técnicas com produtos químicos e o tempo instável, que retira a umidade dos fios, o resultado pode ser cabelos fracos e quebradiços que precisam de um verdadeiro choque para recuperação. A melhor solução nesse caso é o cronograma capilar, que ele hidrata, nutre e reconstrói os fios.

O que é o cronograma capilar?


Basicamente é uma agenda do seu cabelo. criada com o objetivo de repor a massa capilar e todos os nutrientes que perdemos naturalmente no dia a dia, melhorando o aspecto do fio. Perdemos esses nutrientes naturalmente, por exposição do sol, água com cloro, uso em excesso de secador e chapinha e por ai vai.. Cada um pode montar sua agenda capilar de acordo com o que mais gosta. Ele dá um resultado ótimo e restaura os fios, pois é composto de 3 tratamentos que o cabelo mais precisa: hidratação, nutrição e reconstrução.
O cronograma oficial é composto por 8 hidratações mensais, 3 nutrições e 1 reconstrução.
Lembrando que você deve saber qual o tipo do seu cabelo para fazer as etapas de acordo com a necessidade.
Se o seu cabelo é oleoso vai precisar de mais hidratações do que nutrição. Visto que na nutrição os tratamentos são feitos com máscaras de óleos ou com óleo vegetal puro. Se ele for seco, faça as duas etapas de modo equilibrado e TODOS os tipos de cabelo precisam de pelo menos uma reconstrução mensal para repor a massa capilar e queratina do fio. Se o seu cabelo for danificado por processos químicos pode fazer uma a cada 15 dias até conseguir recuperar a aparência dos fios.

  • O primeiro tratamento é o da hidratação. A princípio, todos os fios requerem hidratações por causa das agressões do tempo, para aqueles que não utilizam química, e por causa dos tratamentos agressivos para pessoas que passam por constantes colorações, alisamentos, relaxamentos e escovas progressivas. Hidratar significa repor a água nos cabelos e também os emolientes e deixar os fios mais maleáveis, resistentes e brilhantes.
  • A nutrição funciona de maneira diferente. Ela é uma reposição lipídica que nada mais é do que devolver aos fios a saúde após tratamentos como colorações e químicas. Uma boa nutrição resulta na reparação dos danos das cutículas dos cabelos e fios mais estruturados.
  • Já a reconstrução é um processo poderoso porque, como o próprio nome indica, ele ajuda na restauração dos fios com produtos que têm proteínas, aminoácidos e minerais. É a reposição da massa perdida. O resultado é imediato com fios recuperados em sua textura e também mais fortes.

 Do que preciso para começar?


Não muito amores, apenas de uma boa máscara de hidratação - lembrando que não precisa ser cara- , um óleo vegetal (nutrição) e uma queratina liquida para misturar com a hidratação. Ou você pode usar e abusar das receitinhas caseiras, eu mesma uso e amo. Logo mais trarei receitinhas para cada etapa do tratamento. 


03 agosto 2016

Patches






Oi amores!
Se você gosta de peças personalizadas, com certeza  vai se apaixonar por Patches uma febre que voltou lá dos anos 90 e voltou com toda a força.

É jaqueta, blusa, calça e até mesmo tênis com essa tendência. E o mais legal é que podemos por a mão na massa e personalizar do nosso jeitinho, Mas pera lá, você não sabe o que são patches? São emblemas feitos geralmente em tecidos e bordados com linhas de poliéster, que podem ser costurados em roupas ou os adesivos termocolantes que podem ser colador apenas com água e ferro quente.

Elas têm origem militar, surgiram na década de 30 para identificar patentes e exércitos. Mas nas décadas de 50 e 60, acabaram caindo no gosto dos adolescentes rebeldes de Londres, conhecidos como mods, que acabaram fazendo dessa jaquetas de patches a peça da vez.
Mas elas retornaram no fim dos anos 1970 e inicio dos 1980, porém, como peça favorita dos punks e fãs de heavy metal, que abusaram dos modelos com símbolos de suas bandas preferidas. Já nos anos 90, elas acabaram sendo adotadas pelos fãs de hip hop.

E agora, para alegria geral elas voltaram mais democráticas não se prendendo a estilo nenhum, então não importa qual o seu estilo, ela pode fazer parte dele. Não é difícil ver por ai jaquetas com aplicações de arco-íris e emojis, tem aplicações para todos os gostos, mulher!

Aqui no Brasil mesmo já tem calça, jaqueta, camiseta, tênis e até bolsas com aplicações sendo vendidas. Mas se você ainda não encontrou nada que seja a sua cara, a parte mais legal é fazer as suas próprias aplicações, nas suas roupas favoritas.
Os patches são fáceis de encontrar em armarinhos e lojas focadas em DIY. Além disso, algumas marcas de roupas já comercializam as suas versões individualmente e a aplicação é muito fácil de fazer!
A maioria deles é termocolante, então você não precisa saber costurar para customizar o seu jeans - basta seguir as instruções do fabricante e, na maioria das vezes, você não vai precisar de mais nada que um ferro de passar roupas para fazer todo o trabalho. 
Nada é mais legal do que seguir a tendência usando peças customizadas com os patches que você mesma escolheu e customizou sozinha!